quarta-feira, 14 de março de 2018

NÃO PRECISO DO MICROFONE



Partindo desse principio,vamos trazer uma reflexão sobre o que,dentro de nossas Igrejas temos vividos,pois tal realidade si estende a cada dia,em uma  sociedade que mostra,o glamour do sucesso secular e que infelizmente chegou as nossas Igrejas.Digo isso no sentido do serviço,mais hoje muitos querem ser vistos,perderam a noção do que e MINISTÉRIO,dentro deste contexto no Catecismo da Igreja Católica nós exorta :Exercício do Ministério- 2039     Os ministérios devem ser exercidos em um espírito de serviço fraterno e dedicação à Igreja, em nome do Senhor. Ao mesmo tempo, a consciência de cada fiel, em seu julgamento moral sobre seus atos pessoais, deve evitar encerrar-se em uma consideração individual. Do melhor modo possível ela deve abrir-se à consideração do bem de todos, tal como se exprime na lei moral, natural e revelada, e por conseguinte na lei da Igreja e no ensino autorizado do magistério sobre questões morais. Não convém opor a consciência pessoal e a razão à lei moral ou ao magistério da Igreja.
Diversidade de Ministério--873         As próprias diferenças que o Senhor quis estabelecer entre os membros de seu Corpo servem à sua unidade e à sua missão. Pois, embora "exista na Igreja diversidade de serviços, há unidade de missão. Cristo confiou aos apóstolos e a seus sucessores o múnus de ensinar, de santificar e de governar em seu nome e por seu poder. Os leigos, por sua vez, participantes do múnus sacerdotal, profético e régio de Cristo, compartilham a missão de todo o povo de Deus na Igreja e no mundo". Finalmente, "em ambas as categorias [hierarquia e leigos] há  fiéis que, pela profissão dos conselhos evangélicos, se consagram, em seu modo especial, a Deus e servem à missão salvífica da Igreja; seu estado, embora não faça parte da estrutura hierárquica da Igreja, pertence, não obstante, à sua vida e santidade".910         Os leigos podem também sentir-se chamados ou vir a ser chamados para colaborar com os próprios pastores no serviço da comunidade eclesial, para o crescimento e a vida da mesma, exercendo ministérios bem diversificados, segundo a graça e os carismas que o Senhor quiser depositar neles."
Dentro deste contexto e importante lembrar que todo MINISTÉRIO,e um serviço,um serviço para o Reino de Deus,ao mesmo tempo para honra é Glória de Deus Pai,na pessoa de seu filho e nosso Senhor Jesus Cristo.Sempre é bom lembrar que a palavra Ministério quer dizer,SERVIR-Sentindo Literal-servir é ajudar,Auxiliar,cuidar,Desempenhar qualquer Função,Aproveitar-se,Fornecer Ministrar,Oferecer.Jesus nos ensina o valor do servir:5.Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus. 6.Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, 7.mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. 8.E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. 9.Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, 10.para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. 11.E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor." 
Filipenses, 2 - Quando no começo eu disse não preciso de Microfone e justamente no sentido de observar que muitos irmãos é irmãs não estão entregues totalmente ao servir a Deus,e muitos querem fazer da Igreja um trampolim para sucesso e fama. Muitos já ao entrar nos Ministérios já vem com o coração voltado para a FAMA,faz projeções em relação ao sucesso.Queridos irmãos é irmãs,devemos a aprender de Jesus Cristo como servir :"34.Disse-lhes Jesus: Meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou e cumprir a sua obra." São João, 4 - Sendo assim amados irmãos é irmãs,peçamos auxilio ao Espírito Santo que nos capacite,e ao mesmo tempo façamos uma revisão, em relação ao nosso serviço na Igreja,e também devemos sempre nós perguntar,eu sirvo a Deus ou estou usando de Deus,para obter sucesso,Fama,comodidade,e por ai vai,vamos aprender de Maria nossa Mãe e da Igreja o verdadeiro sentido do serviço:"34.Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem? 35.Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. 36.Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril, 37.porque a Deus nenhuma coisa é impossível. 38.Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela." São Lucas, 1 - 

domingo, 18 de fevereiro de 2018

FELIZ QUEM SEGUE O BOM CAMINHO



Partindo deste principio vamos já mergulhar no livro Santo,que é a palavra de Deus.Deixando assim que o mover do Espírito Santo venho ao nosso auxilio,e que essa palavra possa nos dar animo.
"1.Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores, nem se assenta entre os escarnecedores. 2.Feliz aquele que se compraz no serviço do Senhor e medita sua lei dia e noite. 3.Ele é como a árvore plantada na margem das águas correntes: dá fruto na época própria, sua folhagem não murchará jamais. Tudo o que empreende, prospera. 4.Os ímpios não são assim! Mas são como a palha que o vento leva. 5.Por isso não suportarão o juízo, nem permanecerão os pecadores na assembleia dos justos. 6.Porque o Senhor vela pelo caminho dos justos, ao passo que o dos ímpios leva à perdição." 
Salmos, 1 -  Pois bem meus queridos irmãos e irmãs,que bela exortação a palavra de Deus nós apresenta e ao mesmo tempo chama-nos a atenção em nosso proceder,Papa Francisco no seu Documento,Pontifícios 17, A alegria do Evangelho(Evangell Gaudion) nós exorta.1 A alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daque-les que se encontram com Jesus.Quantas se deixam salvar por ele são libertados do pecado, da tristeza do vazio interior,do isolamento.Com Jesus Cristo renasce sem cessar a alegria quero com estas exortação dirigir-me aos Fieis Cristãos a fim de os convidar para uma nova etapa evangelizadora marcada por esta alegria e indicar caminhos para o percurso da Igreja nos próximos anos.E interessante que o Santo Padre o Papa mostra-nós que devemos anunciar com alegria a palavra de Deus,e aos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo,mais sabemos que muitos irmãos e irmãs não deixa a verdadeira alegria,que vêm de Deus.Mais pode acontecer que no decorrer o impedimentos da alegria ,assim o Catecismo da Igreja nos exorta:2094     Pode[§64]-se pecar de diversas maneiras contra o amor de Deus: a indiferença negligencia ou recusa a consideração da caridade divina, menospreza a iniciativa (de Deus em nos amar) e nega sua força. A ingratidão omite ou se recusa a reconhecer a cari­dade divina e a pagar amor com amor. A tibieza é uma hesitação ou uma negligência em responder ao amor divino, podendo impli­car a recusa de se entregar ao dinamismo da caridade. A acídia ou preguiça espiritual chega a recusar até a alegria que vem de Deus e a ter horror ao bem divino. O ódio a Deus vem do orgulho. Opõe-se ao amor de Deus, cuja bondade nega, e atreve-se a maldizê-lo como aquele que proíbe os pecados e inflige as penas..Sendo assim temos que sempre nos abrirmos,para a ação do Espírito Santo e ao mesmo tempo clamar a ele,para que possamos usufruir de um dos frutos do Espírito Santo que e a alegria.Maria Santíssima nos ensina:"46.E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor, 47.meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador," São Lucas, 1 - Temos uma canção que nos diz:não pode ser triste,um coração que ama,Cristo não pode ser triste um coração que ama a Deus.Sendo assim amados irmãos e irmãs que possamos sempre, seguir o caminho certo e seguro que e o caminho do senhor, que nos diz,EU SOU O CAMINHO,A VERDADE E VIDA.......

domingo, 7 de janeiro de 2018

SOU DE CRISTO



Em tudo devemos render graças a Deus Pai.Partindo deste princípio,eu é você precisa de fato,querer cada vez mais,que busquemos as coisas do alto. Em um determinado momento em sua caminhada,o Apóstolo São Paulo, ouviu de Jesus,Somente minha graça lhe basta.Em nossa caminhada muita das vezes,não damos conta de que esta fala de Jesus,se faz atual no nosso dia a dia.Ele esta sempre disposto a nós consolar e ao mesmo tempo,darmos uma nova oportunidade,ouçamos o que ele nos diz na sua palavra:"27.Todas as coisas me foram dadas por meu Pai; ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelá-lo. 28.Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. 29.Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. 30.Porque meu jugo é suave e meu peso é leve." 
São Mateus, 11 - "16.Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17.Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele." São João, 3 -  Assim meus amados irmãos é irmãs,peçamos sempre auxilio do Espírito Santo, para que eu e você possa alimentar nossa alma com a palavra de Deus,que é alimenta,conforta e estrui,pois ela em um determinado momento,São Pedro vai colocar como o leite legitimo é puro que vos vai fazer crescer na salvação.(1Pd 2,2) Diante de tudo isso retomemos o título desta partilha que é,SOU DE CRISTO,pois assim também encontramos na palavra de Deus esse desejo,no qual eu é você precisa assumir."7.Nenhum de nós vive para si, e ninguém morre para si. 8.Se vivemos, vivemos para o Senhor; se morremos, morremos para o Senhor. Quer vivamos quer morramos, pertencemos ao Senhor." 
Romanos, 14 - 

sábado, 2 de setembro de 2017

EU PRECISO DO ESPÍRITO SANTO



Amados irmãos e irmãs,hoje quero lembrar a vocês que sem o Espírito Santo de Deus,no qual recebemos no batismo,não podemos nada,sendo assim iremos atra vez deste trazer,para nossa reflexão alguns pontos importantes,que precisamos deixar cair em nosso coração,para que ele,o Espírito Santo possa ter liberdade e ao mesmo tempo o desejo,de sermos inpucionado por ele sempre.na palavra  de Deus encontramos:"23.Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada." 
"26.Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito." (Jo 14).Partindo deste deste principio,podemos dizer que a ação do Espírito Santo,deve acontecer em nós pois quando isto de fato acontece de fato somos instrumentos nas mãos de Deus Pai.As vezes não damos contas da ação do Espírito Santo em nós mais não devemos nos esquecer que o próprio Jesus Cristo,nosso Senhor e Salvador precisou dele,pois assim na sagradas Escrituras esta revelado:"1.Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto, 2.onde foi tentado pelo demônio durante quarenta dias. Durante este tempo ele nada comeu e, terminados estes dias, teve fome." "14.Jesus então, cheio da força do Espírito, voltou para a Galileia. E a sua fama divulgou-se por toda a região. 15.Ele ensinava nas sinagogas e era aclamado por todos. 16.Dirigiu-se a Nazaré, onde se havia criado. Entrou na sinagoga em dia de sábado, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. 17.Foi-lhe dado o livro do profeta Isaías. Desenrolando o livro, escolheu a passagem onde está escrito (61,1s.): 18.O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu; e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres, para sarar os contritos de coração, 19.para anunciar aos cativos a redenção, aos cegos a restauração da vista, para pôr em liberdade os cativos, para publicar o ano da graça do Senhor." (Lc 4) Sabemos que Jesus Cristo aqui se apresenta como o Messias,e ao mesmo tempo ele e rejeitado,mais vamos retomar a nossa reflexão sobre o quanto eu e você,necessita de dar a liberdade ao Espírito Santo,Jesus diz aos discípulos:"49.Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai; entretanto, permanecei na cidade, até que sejais revestidos da força do alto." (Lc 24)"3.Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus. 4.Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez? 5.Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus. 6.O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito." (Jo 3)"12.Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. 13.Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão. 14.Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará. 15.Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse: Há de receber do que é meu, e vo-lo anunciará." (Jo 16)"21.Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós. 22.Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espírito Santo." (Jo 20) Até aqui acho que os queridos irmãos e irmãs,já deve ter percebido como que jamais devemos menosprezar a ação do Espírito Santo,que abita a casa do nosso coração,pois bem vamos dar continuidade no que as sagradas Escrituras nós exorta sobre a ação dele."8.mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria e até os confins do mundo." (At 1)"1.Chegando o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar. 2.De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 3.Apareceu-lhes então uma espécie de línguas de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. 4.Ficaram todos cheios do Espírito Santo e começaram a falar em línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem." (At 2)"32.A este Jesus, Deus o ressuscitou: do que todos nós somos testemunhas. 33.Exaltado pela direita de Deus, havendo recebido do Pai o Espírito Santo prometido, derramou-o como vós vedes e ouvis." (At 2) E bom sabermos também,o nome do Espírito Santo sendo assim vamos recorrer ao Catecismo da Igreja,que nós lembra: Consolador:1433     Depois da Páscoa, o Espírito Santo “estabelecer a culpabilidade do mundo a respeito do pecado”, a saber, que o mundo não acreditou naquele que o Pai enviou. Mas esse mesmo Espírito, que revela o pecado, é o Consolador que dá ao coração do homem a graça do arrependimento e da conversão.  Espírito Criador:291)              "No princípio era o Verbo... e o Verbo era Deus... Tudo foi feito por ele, e sem ele nada foi feito"(Jo 1,1-3). O Novo Testamento revela que Deus criou tudo por meio do Verbo Eterno, seu Filho bem-amado. Nele "foram criadas todas coisas, nos céus e na terra... tudo foi criado por Ele e para Ele é antes de tudo e tudo nele subsiste" (Cl 1,16-17). A fé da Igreja afirma outrossim a ação criadora do Espírito Santo: Ele é o "doador de vida "o Espírito Criador" ("Veni, Creator Spiritus"), a "Fonte de todo bem".692         Ao anunciar e prometer a vinda do Espírito Santo, Jesus o denomina o "Paráclito", literalmente: aquele que é chamado para perto de, "advocatus" (Jo 14,16.26; 15,26; 16,7). “Paráclito” é habitualmente traduzido por "Consolador", sendo Jesus o primeiro consolador. O próprio Senhor chama o Espírito Santo". Espírito de Verdade". Outrora o profeta Ezequiel,já nos relembra a beleza da ação do Espírito Santo :"25.Derramarei sobre vós águas puras, que vos purificarão de todas as vossas imundícies e de todas as vossas abominações. 26.Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo; tirar-vos-ei do peito o coração de pedra e dar-vos-ei um coração de carne. 27.Dentro de vós meterei meu espírito, fazendo com que obedeçais às minhas leis e sigais e observeis os meus preceitos." (Ez 36) Ainda na dimensão da palavra encontramos:"14.pois todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. 15.Porquanto não recebestes um espírito de escravidão para viverdes ainda no temor, mas recebestes o espírito de adoção pelo qual clamamos: Aba! Pai! 16.O Espírito mesmo dá testemunho ao nosso espírito de que somos filhos de Deus. 17.E, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo, contanto que soframos com ele, para que também com ele sejamos glorificados." (Rm 8)"16.Digo, pois: deixai-vos conduzir pelo Espírito, e não satisfareis os apetites da carne. 17.Porque os desejos da carne se opõem aos do Espírito, e estes aos da carne; pois são contrários uns aos outros. É por isso que não fazeis o que quereríeis. 18.Se, porém, vos deixais guiar pelo Espírito, não estais sob a lei. 19.Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, 20.idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, 21.invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus! 22.Ao contrário, o fruto do Espírito é caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, 23.brandura, temperança. Contra estas coisas não há lei. 24.Pois os que são de Jesus Cristo crucificaram a carne, com as paixões e concupiscências. 25.Se vivemos pelo Espírito, andemos também de acordo com o Espírito." (Gl 5) Diante de tudo isso até aqui partilhado só nós resta dizer,VINDE ESPÍRITO SANTO.Não poderia ser diferente termino mais um texto,não pela minha capacitação humana,mais me deixando ser capacitado e ao mesmo tempo conduzido pela ação do Espírito Santo de Deus,no qual recebi no batismo com mais uma exortação da palavra:"26.Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis. 27.E aquele que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, o qual intercede pelos santos, segundo Deus." (Rm 8)

sábado, 17 de junho de 2017

Jubileu de Ouro de Profissão Religiosa na Ordem da Visitação de Santa Maria da Irmã Maria Margarida dos Santos

Mais uma vez venho partilhar com os irmãos e irmãs, a alegria de retornar ao Mosteiro visitação de Santa Maria em Barbacena, para participar da missa em ação de graças celebrada por Dom Geraldo Lurio da Rocha Arcebispo de Mariana, em comemoração do jubileu de ouro de profissão religiosa da Madre Maria Margarida dos Santos neste dia 14 de junho de 2017. Onde a comunidade reunida neste grande momento, rendeu graças a Deus pai pelo dom da vida da Madre Maria Margarida e ao mesmo tempo pelo seu sim a Deus nesta vida contemplativa.


Dom Geraldo em sua homilia, começou exortando que com certeza no coração da Madre Maria Margarida, fluía aquela bela manifestação de alegria que se encontra no cântico de Maria: “ A minha alma engrandece ao senhor, e meu espírito se alegra em Deus meu salvador, porque ele olhou para humildade de sua serva. ” (Lc 1, 47-48). Ainda em sua reflexão ele dizia, o quanto a humanidade hoje se preocupa em ter do que ser, dizia que vivemos em uma sociedade que enquanto muitos querem o poder acima de tudo e ao mesmo tempo passando por cima de todos, na vida do consagrado e consagrada brota no coração o serviço em quanto na sociedade ecoa a pessoa humana para uma sexualidade desenfreada, na vida dos consagrados (as) ele opta para castidade e pratica o servir.

Falando ainda que em Cristo Jesus modelo de entrega de obediência e serviço, a vontade do pai onde ele existindo em forma divina não se apegou ao ser igual a Deus, mas despojou-se assumindo a forma de escravo e tornando-se semelhante ao ser humano, e encontrado em aspecto humano, humilhou-se fazendo-se obediente até a morte, e morte de cruz (Fl 2, 6-8). Continuando ainda um pouco da partilha de Dom Geraldo, ele dizia que as vidas contemplativas ainda dentro do conceito de alguns cristãos acham que não servem para nada mais ele nos exortou que a vida contemplativa é o pulmão da igreja, e que os mosteiros espalhados pelo mundo são considerados como para-raios, finalizando sua reflexão ele dizia, aquele que não serve para servir não serve para ser servido.

Ainda dentro da celebração eucaristia a Madre Maria Margarida fez sua renovação de seus votos, ao termino da celebração o Arcebispo Dom Geraldo, autorizou a irmã a receber os cumprimentos do povo de Deus que ali se encontrava naquela capela. Logo após também teve um momento de acolhida pelas irmãs do mosteiro com uma confraternização com todos que ali se encontravam, para que a Madre Maria Margarida pudesse também receber o afeto e carinho do povo de Deus. Neste momento também pude por um breve momento externar minha alegria pelo dom da vida da Madre Maria Margarida, e ela me disse que naquele momento ela estava com a mesma alegria, o mesmo entusiasmo de quando fez seus votos, e que faria tudo novamente e que em seu coração brota a alegria de servir ao senhor.

Sendo assim fica aqui o registro de minha alegria de viver estes momentos de celebração ao jubileu de ouro de profissão religiosa, na ordem da Visitação de Santa Maria da Irmã Maria Margarida dos Santos.


Faço votos que o senhor possa me conceder a alegria de ainda participar de mais momentos marcantes como este, e outros que ainda virão no mosteiro da visitação de Santa Maria do Brasil, na cidade de Barbacena – MG. Antes de finalizar irei deixar uma pequena reflexão do Cardeal Robert Sarah, que nos chama a atenção sobre a intercessão e ao mesmo tempo a importância da oração dos monges e monjas.

Tenho certeza que no coração destes consagrados e intensos, e que nós batizados em nossas orações possamos rezar para que as famílias, não sufoque as vocações religiosas em seus lares...  

Se um homem não levanta o seu olhar para Deus, rezando e intercedendo, ele seca e morre para si mesmo. A mesma coisa também se aplica, de um modo semelhante, ao sucesso do trabalho missionário. (…)

A oração dos monges e das freiras é um dos fundamentos mais produtivos da Igreja. Os mosteiros são centros absolutamente prodigiosos de evangelização e missão. A oração ardente e contínua das carmelitas, dos beneditinos, dos cistercienses ou das irmãs da Visitação, para mencionar apenas algumas congregações, ajuda e dá imenso suporte ao trabalho dos sacerdotes. O mundo moderno, e até alguns membros do clero, inebriados pelo seu sentimento de poder, muitas vezes pensam que os monges e as freiras de clausura não servem para nada. Em última análise, é o maior elogio que podemos dar aos contemplativos que se retiraram para trás dos altos muros dos seus claustros: eles não servem a nada aqui na terra; servem apenas a Deus. Este é o simples e bonito segredo das suas orações, que dão suporte a todo o mundo.
Como é que podemos esquecer as palavras de Cristo?

“A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe que mande trabalhadores para a sua messe. Eis que Eu vos envio como cordeiros em meio de lobos. Não leveis bolsa, nem alforge, nem sandálias; e não vos detenhais a saudar ninguém pelo caminho” (Lc 10, 2-4).





domingo, 7 de maio de 2017

PRECISAMOS FALAR DA MISERICÓRDIA DO SENHOR

           Meus amados irmãos e irmãs, mais uma vez venho através desta partilha, fazer soar aos nossos ouvidos aquilo, que pela graça de Deus Pai, e a ação do Espírito Santo de Deus. Fui inspirado a trazer, aos nossos corações esta certeza da Misericórdia do Senhor.

Como dizia Santa Faustina, A Misericórdia Divina na Minha Alma. O Salmista nos exorta:

"8.Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia, e dai-nos a vossa salvação. 9.Escutarei o que diz o Senhor Deus, porque ele diz palavras de paz ao seu povo, para seus fiéis, e àqueles cujos corações se voltam para ele." Salmos, 84




No Catecismo da Igreja Católica nos diz:


1037 - Deus não predestina ninguém para o Inferno; para isso é preciso uma aversão voluntária a Deus (um pecado mortal) e persistir nela até o fim. Na Liturgia Eucarística e nas orações cotidianas de seus fiéis, a Igreja implora a misericórdia de Deus, que quer "que ninguém se perca, mas que todos venham a converter-se" (2Pd 3,9).

1847 - "Deus nos criou sem nós, mas não quis salvar-nos sem nós." Acolher sua misericórdia exige de nossa parte a confissão de nossas faltas. "Se dissermos: 'Não temos pecado', enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos nossos pecados, Ele, que é fiel e justo, perdoará nossos pecados e nos purificará de toda injustiça" (1Jo 1,8-9).


O Salmista ainda exorta: 

"18.Se eu intentasse no coração o mal, não me teria ouvido o Senhor. 19.Mas Deus me ouviu; atendeu a voz da minha súplica. 20.Bendito seja Deus que não rejeitou a minha oração, nem retirou de mim a sua misericórdia." Salmo, 65 

"2.Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e jamais te esqueças de todos os seus benefícios. 3.É ele que perdoa as tuas faltas, e sara as tuas enfermidades. 4.É ele que salva tua vida da morte, e te coroa de bondade e de misericórdia." Salmo, 102

No diário da Santa Faustina, encontramos ainda, a certeza da ação plena de Jesus Misericordioso, pois assim, faremos uma partilha na qual, tenho certeza que como eu, você terá a experiência de sentir no coração como que Deus e bondoso, e como seu filho e Nosso Senhor Jesus Cristo, revela este Amor do Pai:

1396-Hoje ouvi na Alma a Voz: Oh! Se os pecadores conhecessem a minha Misericórdia, não se perderiam então grande número! Diz as Almas pecadoras que não temam aproximar-se de mim fala da minha grande Misericórdia. 1397-Disseme o Senhor: A perda de cada Alma Mergulha-me em tristeza Mortal. Sempre me consolas quando rezas pelos pecadores. A oração que me é mais agradável é a oração pela conversão das Almas pecadoras. Deves saber, minha filha, que essa oração sempre é ouvida e atendida. 1576-Deves saber, filha minha, que entre mim e ti existe um abismo insondável, que separa o criador da criatura, mas esse abismo será preenchido pela minha Misericórdia. Elevo-te até mim não porque necessite de ti, mas, unicamente por misericórdia, concedo-te a graça da união. 1577-Diz ás almas que não impeçam a entrada da minha misericórdia nos seus corações, pois ela deseja tanto agir neles, A minha misericórdia trabalha em todos os corações que lhe abrem as suas portas. E tanto o pecador como o justo necessitam da Minha misericórdia. A conversão e a perseverança são uma graça da Min há misericórdia.1578-Que as almas que buscam a perfeição glorifiquem de maneira especial a minha misericórdia, porque a liberdade das graças que lhes concedo decorre da Minha misericórdia. Desejo que essas almas se distingam por uma ilimitada confiança na Minha misericórdia. Eu mesmo me ocupo com a santificação dessas almas: Eu lhes fornecerei tudo o que for necessário para a sua santidade. As graças da Minha misericórdia colhem-se com um único vaso, que é a confiança. Quanto mais a alma confiar, tanto mais receberá. Grande consolo me dão as almas de ilimitada confiança, porque, em almas assim derramo todos os tesouros das Minhas graças. Alegro-me por pedirem muito, porque o Meu desejo é dar muito, muito mesmo. Fico triste, entretanto, quando as almas pedem pouco, quando estreitam os seus corações.1507-Que ninguém duvide da bondade de Deus ainda que os seus pecados sejam negros como noite, a misericórdia de Deus é mais forte do que a nossa miséria. No entanto, é preciso que o pecador abra ao menos um pouco a porta do seu coração aos raios da graça, da misericórdia de Deus, e o resto Ele completará. Mas infeliz é a alma que, mesmo na hora derradeira, fechou a porta á misericórdia de Deus. Foram essas almas que fizeram Jesus mergulhar numa tristeza mortal no Jardim das Oliveiras, no entanto, do seu compassivo Coração brotou a misericórdia Divina.1516-Minha filha, diz ás almas que estou lhes dando, como defesa, a Minha misericórdia. Estou lutando por elas sozinho e suportando a justa ira de Meu Pai. 1517-Minha filha, diz que a festa da Minha misericórdia brotou das Minhas entranhas para o consolo do mundo inteiro. Diante de tudo isso, queridos irmãos e irmãs, só nos resta a aprender de Jesus, a sermos Misericordiosos e ao mesmo tempo, sermos também anunciadores desta Misericórdia, pois até aqui estamos vivendo dela, aguardando o grande dia no qual, Jesus Cristo vira da sua segunda vinda para separa as ovelhas dos cabritos.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

VIVENDO A PALAVRA DE DEUS VENCEREMOS O MALIGNO


Assim partilhamos mais uma vez,sobre o auxilio do Espírito Santo,como eu é você pode vencer o Maligno.Se mantendo intimo de Deus Pai através de sua palavra.São João em sua carta exorta:
14.Crianças, eu vos escrevo, porque conheceis o Pai. Pais, eu vos escrevi, porque conheceis aquele que existe desde o princípio. Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes e a palavra de Deus permanece em vós, e vencestes o Maligno.(IJo 2,14)
Neste primeiro momento diante desta palavra São João nós da uma grande dica,a importância de estarmos íntimos da palavra de Deus para, que o Maligno não venha a nos vencer,ou tão pouco sermos vencidos por ele. No Catecismo da Igreja encontramos:2851     Neste pedido, o Mal não é uma abstração, mas designa uma pessoa, Satanás, o Maligno, o anjo que se opõe a Deus. O "dia­bo" ("diabolos") é aquele que "se atira no meio" do plano de Deus e de sua "obra de salvação" realizada em Cristo.1708     Por [§53]sua paixão, Cristo livrou-nos de Satanás e do pecado. Ele nos mereceu a vida nova no Espírito Santo. Sua graça restaura o que o pecado deteriorou em nós.
E IMPORTANTE lenbrar que o próprio Jesus Cristo,também passa por esta tentação,ou seja o diabo,foiprovando Jesus Cristo é como ele vence,com a palavra,ou seja ele a palavra encarnada,relembremos então o fato:1.
Cheio do Espírito Santo, voltou Jesus do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto,
2.onde foi tentado pelo demônio durante quarenta dias. Durante este tempo ele nada comeu e, terminados estes dias, teve fome.
3.Disse-lhe então o demônio: Se és o Filho de Deus, ordena a esta pedra que se torne pão.
4.Jesus respondeu: Está escrito: Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra de Deus (Dt 8,3).
5.O demônio levou-o em seguida a um alto monte e mostrou-lhe num só momento todos os reinos da terra,
6.e disse-lhe: Dar-te-ei todo este poder e a glória desses reinos, porque me foram dados, e dou-os a quem quero.
7.Portanto, se te prostrares diante de mim, tudo será teu.
8.Jesus disse-lhe: Está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e a ele só servirás (Dt 6,13).
9.O demônio levou-o ainda a Jerusalém, ao ponto mais alto do templo, e disse-lhe: Se és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo;
10.porque está escrito: Ordenou aos seus anjos a teu respeito que te guardassem.
11.E que te sustivessem em suas mãos, para não ferires o teu pé nalguma pedra (Sl 90,11s.).
12.Jesus disse: Foi dito: Não tentarás o Senhor teu Deus (Dt 6,16).
13.Depois de tê-lo assim tentado de todos os modos, o demônio apartou-se dele até outra ocasião.
14.Jesus então, cheio da força do Espírito, voltou para a Galiléia. E a sua fama divulgou-se por toda a região.(Lc 4,1-14)
E importante também lembrar que até São Pedro viveu uma investida do inimigo,mais Jesus Cristo,rezava por ele,a palavra nós exorta isso vejamos:31.
Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como o trigo;
32.mas eu roguei por ti, para que a tua confiança não desfaleça; e tu, por tua vez, confirma os teus irmãos.(Lc 22,31-32) São Paulo em uma de suas cartas,nos da uma dica maravilhosa para que eu é você possa,vencer qualquer investida do maligno:10.
Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder.
11.Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio.
12.Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.
13.Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever.
14.Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça,
15.e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz.
16.Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno.
17.Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus.
18.Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos.(Ef 6,10-18) Ainda passeando no texto Bíblico a palavra vem,fazendo eu e você clamar o nome que esta acima de qualquer nome,6.
Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus,
7.mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens.
8.E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.
9.Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes,
10.para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos.
11.E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor.(Fl 2,6-11) Como estamos vendos queridos irmãos é irmãs,a nesse cidade de de fato termos uma intimidade,com o Senhor,pois buscando esta verdade,que encontramos em sua palavra,e na Igreja o próprio Cristo da a nós a garantia da vitoria,sendo assim peçamos sempre o auxilio do Espírito Santo,para alimentar nossa alma e com a alma alimentada,Jesus nos garante a vitoria.
13.Chegando ao território de Cesaréia de Filipe, Jesus perguntou a seus discípulos: No dizer do povo, quem é o Filho do Homem?
14.Responderam: Uns dizem que é João Batista; outros, Elias; outros, Jeremias ou um dos profetas.
15.Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou?
16.Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!
17.Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus.
18.E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.(Mt 16,13-18)